Temer suspende nomeações até Câmara aprovar projeto que obriga qualificação técnica para nomeados

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente interino Michel Temer anunciou nesta segunda-feira que o governo vai suspender todas as nomeações para estatais e fundos de pensão até que a Câmara dos Deputados aprove um projeto que já teve aval do Senado e que obriga que todos os nomeados para esses postos tenham alta qualificação técnica e dá preferência a funcionários de carreira.

Em declaração à imprensa no Palácio do Planalto, Temer disse esperar que a proposta possa ser aprovada pelos deputados entre terça e quarta-feira desta semana.

(Reportagem de Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos