Carro-bomba atinge ônibus da polícia e deixa 11 mortos e 36 feridos em Istambul

Por Humeyra Pamuk e Osman Orsal

ISTAMBUL (Reuters) - Um carro-bomba atingiu um ônibus da polícia no centro de Istambul durante a hora do rush matutino desta terça-feira, matando 11 pessoas e ferindo 36, perto do principal bairro turístico, de uma grande universidade e da prefeitura.

O veículo detonou quando vários ônibus da polícia passavam, relatou o governador de Istambul, Vasip Sahin, aos repórteres. Foi o quarto grande ataque a bomba este ano na maior cidade da Turquia. Ninguém assumiu a responsabilidade de imediato, mas militantes curdos já realizaram ações semelhantes, incluindo uma no mês passado em Istambul.

Os temores com a segurança já vinham afetando o turismo e a confiança dos investidores. As guerras nos vizinhos Síria e Iraque fomentaram uma rede local do Estado Islâmico responsabilizada por uma série de ataques suicidas, e militantes do sudeste de maioria curda vêm alvejando cada vez mais cidades do território turco.

O presidente turco, Tayyip Erdogan, visitou os feridos em um hospital próximo. Fontes de seu escritório disseram que ele repudiou o ataque e foi informado por Sahin e pelo ministro do Interior.

"Um ataque com carro-bomba foi realizado contra veículos que levavam policiais de reação rápida e que passavam pela rua, resultando na perda das vidas de sete policiais e quatro civis", disse Sahin, acrescentando que três dos 36 feridos estão em situação crítica.

A explosão ocorreu no bairro de Vezneciler, entre a sede da municipalidade e o campus da Universidade de Istambul, pouco distante do centro histórico da metrópole, estilhaçando janelas de lojas e de uma mesquita e espalhando destroços pelas ruas próximas.

"Houve uma explosão alta, pensamos que era um raio, mas naquele exato segundo as janelas da loja vieram abaixo. Foi extremamente assustador", contou Cevher, dono de uma loja que não quis informar o sobrenome.

O ônibus da polícia que pareceu receber o pior do impacto virou de ponta-cabeça na rua, e um segundo ônibus da polícia também foi danificado. Os destroços calcinados de vários outros veículos se espalharam pela rua.

(Reportagem adicional de Murat Sezer, Ayla Jean Yackley, Ece Toksabay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos