Setor siderúrgico brasileiro piora estimativas de desempenho para 2016

SÃO PAULO (Reuters) - A industria siderúrgica do Brasil cortou nesta quarta-feira previsões para este ano, em meio à crise econômica do pais e cenário internacional pressionado por excesso de capacidade produtiva global.

A expectativa para a produção foi revista de queda de 1 por cento para recuo de 6,8 por cento em 2016, a 31 milhões de toneladas. Para as vendas internas, a estimativa foi cortada de queda de 4,1 por cento para redução de 10 por cento, a 16,4 milhões de toneladas, segundo dados do Instituto Aço Brasil, que representa o setor.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos