Papa irá visitar Auschwitz durante viagem à Polônia em julho

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco irá visitar o campo de extermínio nazista de Auschwitz-Birkenau durante uma viagem à Polônia no dia 29 de julho, informou o Vaticano nesta quinta-feira.

Os dois antecessores imediatos de Francisco, o alemão Bento 16 e o polonês João Paulo 2o, também visitaram o local durante seus pontificados.

Forças de ocupação da Alemanha nazista estabeleceram o campo de Auschwitz-Birkenau durante a Segunda Guerra Mundial na cidade de Oswiecim, no sul polonês, a cerca de 70 quilômetros de Cracóvia, segunda maior cidade do país.

A visita irá acontecer durante uma viagem já agendada do pontífice argentino a Cracóvia para um encontro internacional de jovens católicos. A Polônia continua sendo uma nação fervorosamente católica.

Entre 1940 e 1945, Auschwitz se transformou em um vasto complexo de tendas, oficinas, câmaras de gás e crematórios onde aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, a maioria judeus, morreram.

Tropas do Exército Vermelho soviético liberaram o campo no dia 27 de janeiro de 1945.

(Por Isla Binnie e Wiktor Szary)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos