França quer evitar problemas no jogo Inglaterra x Rússia

Por Dominique Vidalon

PARIS (Reuters) - A França considera a partida deste sábado entre Inglaterra e Rússia, em Marselha, como um dos jogos da Eurocopa 2016 com maior probabilidade de gerar violência envolvendo torcedores dos times de futebol e está determinada a evitar mais problemas, após os confrontos ocorridos na quinta e na sexta-feira.

"Este é um dos cinco jogos 'de risco' do torneio. Britânicos e russos no calor, o que pode ser explosivo," afirmou neste sábado o ministro dos Esportes, Patrick Kanner, à i-Television.

A polícia francesa interveio para apartar pequenos grupos de torcedores ingleses e russos que se encontraram para trocar provocações em Marselha, no sul da França, na sexta-feira.

Na quinta-feira, cerca de 100 torcedores ingleses e 50 residentes locais já haviam se envolvido em outra briga na região do porto antigo (Vieux Port), onde vários bares ingleses e irlandeses estão localizados.

Cerca de 1.000 policiais serão escalados para trabalhar na cidade mediterrânea, enquanto mais de 70.000 torcedores ingleses e 20.000 russos devem assistir ao jogo entre os dois países.

O torneio começou na quinta-feira, com a França ainda sob estado de emergência, depois que militantes islâmicos lançaram ataques simultâneos em locais de entretenimento de Paris em novembro, matando 130 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos