Rei da Tailândia apresenta melhora após tratamento cardíaco, diz palácio

BANGCOC (Reuters) - O rei da Tailândia, com 88 anos de idade e o monarca com o reinado mais longo do mundo, tem mostrado sinais de melhora após uma cirurgia para estreitamento das artérias, informou o palácio neste domingo por meio de um comunicado. 

O rei Bhumibol Adulyadej, o monarca com o reinado mais longo do mundo, tem sido tratado para várias doenças durante uma hospitalização de um ano na capital tailandesa.

Ele foi visto em público pela última vez em 11 de janeiro, quando passou várias horas visitando seu palácio em Bangcoc.

Os batimentos cardíacos, respiração e pressão arterial do rei estão normais, informou o palácio, acrescentando que um eletrocardiograma mostrou um aumento do abastecimento de sangue para o coração.

O rei, que celebrou os 70 anos de seu reinado na quinta-feira, é visto como uma figura unificadora em um país que tem enfrentado décadas de turbulência política.

Em algumas ocasiões, o monarca interveio quando os eventos ameaçavam mergulhar o país em uma crise.

Em um comunicado no dia 7 de junho, o palácio informou que o rei recebeu tratamento para estreitar as artérias do coração com "resultados satisfatórios".

Notícias sobre a família real são altamente controladas na Tailândia. Leis protegem os membros da realeza de insultos tornam crimes a difamação, insulto ou ameaças ao rei, rainha, herdeiro do trono ou regente.

(Reportagem de Amy Sawitta Lefevre)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos