Compradores de etanol se retraem à espera de maior oferta em SP, diz Cepea

SÃO PAULO (Reuters) - Os compradores de etanol reduziram suas aquisições do combustível na última semana, aguardando menores preços com a retomada da colheita e moagem de cana em São Paulo, informou nesta segunda-feira o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Universidade de São Paulo.

De acordo com o Cepea, as condições climáticas apresentaram melhora para moagem desde quarta-feira e então as usinas recomeçaram as atividades interrompidas devido às chuvas.

"A previsão de que as chuvas dariam lugar ao tempo seco fez com que os distribuidores esperassem para negociar quando a oferta crescesse, em busca de preços menores", comentou o Cepea.

Após ter sofrido seguidas altas em maio, o indicador semanal do Cepea para o etanol hidratado mostrou, na semana entre 6 e 10 de junho, uma certa estabilidade ante a semana anterior, a 1,5355 real por litro do combustível (preço na usina em São Paulo).

Já o etanol anidro apresentou alta de 1,5 por cento em relação ao período de 30 de maio a 3 de junho, encerrando em 1,7348 real por litro em 10 de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos