Kerry diz que EUA e Venezuela acertam iniciar conversas para reduzir tensões

SANTO DOMINGO (Reuters) - Os Estados Unidos acertaram com a Venezuela iniciar imediatamente conversas para amenizar as tensões entre os dois países e não apoiam a expulsão venezuelana de um bloco diplomático regional, disse nesta terça-feira o secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, depois de se reunir com o chanceler venezuelano.

A Venezuela vive uma profundo crise econômica e política que levou a tensões sociais em um dos maiores produtores de petróleo do mundo.

Os EUA enviarão o sub-secretário de Estado para Assuntos Políticos Thomas Shannon, um veterano da diplomacia latino-americana, como seu representante nas negociações, disse Kerry a jornalistas que viajam com ele após o encontro bilateral.

Kerry disse que os EUA não apoiam os esforços do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos de suspender a Venezuela da entidade.

(Reportagem de Lesley Wroughton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos