STF abre inquérito contra Renan, Jucá, Barbalho e Raupp

(Reuters) - O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquérito nesta terça-feira para investigar os senadores peemedebistas Renan Calheiros (AL), presidente do Senado; Romero Jucá (RR), Jader Barbalho (PA) e Valdir Raupp (RO), disse uma fonte com conhecimento do assunto.

O inquérito corre em segredo de Justiça. Segundo informações da imprensa, a investigação apura o envolvimento dos parlamentares em suposto pagamento de propina nas obras da usina hidrelétrica de Belo Monte.

O caso foi distribuído para o ministro Edson Fachin, o que indica que não foi incluído no âmbito da operação Lava Jato, que tem como relator no STF o ministro Teori Zavascki.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos