Governo não espera capitalização de estatais no curto prazo, diz Meirelles

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira que o governo do presidente interino Michel Temer não espera precisar capitalizar estatais no curto prazo.

O governo apresentou nesta quarta ao Congresso uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para limitar o aumento dos gastos públicos pela inflação do ano anterior, mas a eventual capitalização de estatais como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Petrobras e Eletrobras estão entre as exceções da proposta.

Segundo Meirelles, o prazo da PEC, de 20 anos, é muito longo, por isso o governo considerou prudente colocar eventuais capitalizações de estatais como exceção à proposta de emenda.

(Reportagem de Alonso Soto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos