Locais de destroços do EgyptAir são identificados por embarcação de busca

CAIRO (Reuters) - As principais localizações de destroços do avião da EgyptAir que caiu no leste do Mediterrâneo no mês passado foram identificadas por um barco de propriedade da Deep Ocean Search, afirmou nesta quarta-feira a comissão de investigação liderada pelo Egito.

O John Lethbridge, um barco de busca contratado pelo governo egípcio, está trabalhando contra o relógio para encontrar as caixas-pretas que, segundo os investigadores, vão ajudar a explicar as razões do acidente com o voo MS804, que caiu no dia 19 de maio, matando as 66 pessoas a bordo.

Os sinais emitidos pelos gravadores com as informações sobre o voo devem parar no dia 24 de junho.

O John Lethbridge forneceu as primeiras imagens dos destroços para os investigadores. A equipe agora vai fazer um mapa da distribuição dos destroços, disse a comissão num comunicado.

Não foi imediatamente divulgado que partes do avião foram encontradas, nem se os dois gravadores estavam próximos da área. Os dispositivos, um para registrar voz e outro para informações, ficavam na cauda do Airbus A320.

Destroços coletados previamente também serão entregues à comissão, depois que eles passarem pelos “procedimentos padrão” de promotores, afirmou o comunicado.

(Reportagem de Eric Knecht e Tim Hepher)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos