Polícia encontra corpo de garoto atacado por jacaré na Disney, na Flórida

Por Barbara Liston

ORLANDO, EUA (Reuters) - Com o uso de botes, mergulhadores e um helicóptero, a polícia dos Estados Unidos recuperou nesta quarta-feira o corpo de um menino de 2 anos que foi apanhado por um jacaré na frente da sua família durante as férias na Walt Disney World em Orlando, na Flórida, disseram autoridades.

A criança foi pega pelo jacaré quando brincava na beira de uma lagoa na noite de terça-feira e puxada para a água apesar dos esforços dos pais para salvá-la.

Autoridades disseram numa entrevista à imprensa que o corpo do menino havia sido encontrado e estava intacto.

O jacaré, acredita-se, tinha entre 1,2 metro e 2 metros de comprimento. Mais cedo agentes ambientais haviam capturado e matado cinco jacarés da lagoa para examiná-los na busca de vestígios do garoto, mas não encontraram evidências, disse Nick Wiley, chefe da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida.

O parque fechou as suas praias e marinas nesta quarta-feira, enquanto as equipes de busca trabalhavam na Lagoa Sete Mares, um lago artificial que alcança 4,2 metros de profundidade.

A família de Nebraska, que passava férias, foi identificada como Matt e Melissa Graves. O filho se chamava Lane.

As dezenas de policiais e agentes que procuravam o menino nesta quarta usaram sonar, helicóptero e uma equipe de mergulhadores.

Há placas proibindo o nado na lagoa. O garoto foi apanhado quando a sua família descansava perto da margem, disseram autoridades.

O pai do garoto correu para a água e sofreu pequenos cortes no braço na luta para arrancar o filho do jacaré, disse Jeff Williamson, porta-voz do gabinete do xerife do condado de Orange, Jerry Demings.

"O pai fez tudo o que podia”, afirmou ele. “Ele tentou resgatar a criança, mas sem resultados.”

As autoridades disseram que a mãe também tentou resgatar o garoto. Um salva-vidas também não foi capaz de alcançar o menino a tempo.

Jacarés não são raros na lagoa, disse Wiley. Os animais mataram cinco pessoas na Flórida nos últimos dez anos, de acordo com dados oficiais.

Willey declarou que a comissão de vida selvagem trabalha para remover os “jacarés inconvenientes”, aqueles que perderam o medo de humanos, quando a presença dos animais é acusada.

A Disney opera na área há 45 anos e nunca registrou esse tipo de incidente, afirmou Jerry Demings.

"A Disney tem um sistema de gestão da vida selvagem em operação, e eles trabalham de forma aplicada para assegurar que os seus hóspedes não sejam expostos à vida selvagem nesta área”, declarou ele.

A Walt Disney World é o parque temático mais visitado do mundo. Cerca de 20,5 milhões de pessoas visitaram o Reino Mágico do parque em 2015, segundo a Associação de Entretenimento Themed.

(Reportagem adicional de Brendan O'Brien em Milwaukee, Laila Kearney, Amy Tennery e Jeffrey Dastin em Nova York, e Lisa Richwine em Los Angeles)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos