Usiminas obtém renegociação de dívidas com credores, terá 10 anos para pagar e 3 de carência

SÃO PAULO (Reuters) - A Usiminas informou nesta quarta-feira que conseguiu acordo com bancos brasileiros, BNDES e debenturistas em que obteve prazo de 10 anos, com 3 anos de carência, para dívidas que representam 75 por cento do total em renegociação.

A aceitação dos credores, que incluem Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco, está condicionada à confirmação do aumento de capital de 1 bilhão de reais da empresa.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos