Autor de ataque de Orlando apareceu em documentário sobre desastre ambiental

(Reuters) - O autor do ataque a tiros em uma boate gay em Orlando, Omar Mateen, apareceu de forma irreverente e xingando em parte de um documentário sobre o desastre com a plataforma Deepwater Horizon, derramamento de óleo no Golfo do México em 2010, em imagens que vieram à tona nesta quarta-feira.

Mateen foi filmado secretamente pelos realizadores do documentário, "The Big Fix", à medida que trabalhava como segurança em uma praia em Pensacola, Flórida, onde a limpeza estava ocorrendo.

No vídeo, ele critica funcionários que estavam limpando o derramamento e diz: "Ninguém liga para cá. Eles estão torcendo para que mais óleo apareça e mais pessoas reclamem, então terão os empregos."

"Porque quando as pessoas são demitidas aqui, vai ser horrível para elas. Elas querem que o desastre aconteça. Porque é onde o dinheiro está", acrescentou no vídeo de cerca de 40 segundos.

Os idealizadores, Josh e Rebecca Tickell, disseram em comunicado que entregaram as filmagens para as autoridades.

"Não queremos acrescentar mais atenção indevida ao atirador. Nossos corações estão com as famílias das vítimas do massacre, estamos de luto com vocês", disseram.

Mateen abriu fogo no domingo em uma boate gay em Orlando, matando 40 pessoas e ferindo dezenas, no pior massacre a tiros da história moderna dos Estados Unidos. Ele foi morto a tiros pela polícia.

(Reportagem de Curtis Skinner)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos