Ciberataque em massa poderia disparar resposta da Otan, diz Stoltenberg

BERLIM (Reuters) - Um grande ciberataque poderia disparar uma resposta coletiva da Otan, disse o secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg, em uma entrevista publicada pelo jornal alemão Bild nesta quinta-feira.

"Um ciberataque severo pode ser classificado com um caso para a aliança. Então a Otan pode e deve reagir", teria dito Stoltenberg, segundo a publicação. "Como, isto dependeria da severidade do ataque".

Ele falou após a decisão dos ministros da Otan nesta semana de designar o setor online como um domínio operacional oficial de guerra, junto com ar, mar e terra.

Em 2014, a aliança liderada pelos Estados Unidos disse que ciberataques poderiam potencialmente disparar a garantia de mútua defesa da Otan, ou Artigo 5. Isto significa que a Otan poderia potencialmente responder a um ciberataque com armas convencionais, embora a resposta seja decidida em consenso.

(Por Andrea Shalal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos