CPFL usará caixa e financiamento para compra da AES Sul

SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Energia prevê utilizar recursos de seu caixa para pagar cerca de um terço da aquisição da distribuidora gaúcha de eletricidade AES Sul, enquanto o restante do negócio deverá ser financiado junto a um grupo de agentes com os quais a empresa já possui acordo preliminar, disse nesta quinta-feira o presidente-executivo do grupo, Wilson Ferreira Jr.

Em teleconferência com jornalistas sobre a transação, Ferreira revelou ainda que a CPFL disputou a AES Sul com ao menos outras três empresas que apresentaram interesse na elétrica. O negócio envolverá, além do 1,7 bilhão de reais já anunciado, mais 1,1 bilhão de reais em assunção de dívidas da empresa pela CPFL, disse Ferreira Jr.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos