Farc estão prontas para retomar guerra se diálogo fracassar, diz presidente da Colômbia

MEDELLÍN (Reuters) - O grupo rebelde colombiano Farc está preparado para voltar aos campos de batalha, especialmente nas áreas urbanas, se as negociações de paz com o governo ruírem, disse o presidente do país, Juan Manuel Santos, nesta quinta-feira.

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia mantêm negociações de paz há três anos e meio, um esforço para terminar com mais de cinco décadas de guerra no país.

"Temos informações amplas de que eles estão preparados para voltar à guerra e à guerra urbana, que é muito mais destrutiva que a guerra no campo”, afirmou Santos durante a reunião sobre América Latina do Fórum Econômico Mundial em Medellín.

“É por isso que é tão importante chegar a um acordo”, declarou o presidente, se dizendo confiante de que um acordo estaria pronto logo.

As Farc declararam um cessar-fogo unilateral há quase um ano, e o governo suspendeu o bombardeio de campos rebeldes durante as negociações. Os dois lados anunciaram na semana passada um acordo sobre erradicação conjunta de plantações ilícitas.

(Reportagem de Nelson Bocanegra)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos