Uefa lamenta violência entre torcedores da Inglaterra e País de Gales antes de partida

PARIS (Reuters) - A Uefa informou nesta quinta-feira que lamenta os confrontos nas ruas de Lille durante a noite na véspera da partida da Euro 2016 entre Inglaterra e País de Gales, mas que não vai tomar nenhuma providência para punir a violência entre torcedores.

A tropa de choque da polícia francesa realizou prisões e usou gás lacrimogêno para dispersar torcedores ingleses na noite de quarta-feira. A polícia informou que cerca de 50 pessoas ficaram feridas na quarta-feira e 16 delas foram hospitalizadas.

"A Uefa lamenta os conflitos que ocorreram em Lille na noite passada. Forças da polícia fizeram diversas prisões e foram rápidas em restaurar ordem e manter a situação sob controle", informou a Uefa em comunicado.

O comunicado não fez referência sobre qualquer ação que possa ser tomada.

Após violência em Marselha antes e depois do empate por 1 x 1 entre Inglaterra e Rússia no sábado, a Uefa alertou à Inglaterra que uma repetição de comportamento violento de torcedores poderia expulsar a equipe do torneio continental.

A Uefa também disse à Rússia que pode ocorrer uma desclassificação caso haja repetição de comportamento violento de torcedores, que incluíram ataques contra torcedores ingleses dentro do estádio no final da partida.

(Por Julien Pretot e Catherine Lagrange)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos