Com Rio em decreto de calamidade, governo federal planeja transferência de R$2,9 bi

BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro planeja transferir 2,9 bilhões de reais em fundos emergenciais para o estado do Rio de Janeiro para pagar por infraestrutura e segurança durante os Jogos Olímpicos, disse uma autoridade do governo à Reuters neste sábado.

Na véspera, o governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, decretou estado de calamidade pública no âmbito da administração financeira, com o recuo das receitas causado pela recessão e queda nos preços do petróleo que deixaram os cofres vazios às vésperas dos Jogos que começam em 5 de agosto.

Os fundos serão utilizado para pagar por segurança e concluir as obras da linha 4 do metrô.

As Olímpiadas no Brasil já foram marcadas por tumultos políticos que levaram ao afastamento da presidente Dilma Rousseff e à epidemia do Zika vírus.

O presidente interino Michel Temer deve anunciar os fundos emergenciais em uma reunião na segunda-feira com vários governadores que estão pedindo um alívio nas dívidas estaduais.

A assessoria de imprensa do ministério da Fazenda se recusou a comentar o assunto.

(Por Alonso Soto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos