Trump diz que EUA deveriam considerar avaliação por perfil racial nas forças de segurança

Por Emily Stephenson

(Reuters) - O provável candidato presidencial republicano Donald Trump disse neste domingo que os Estados Unidos deveriam considerar o perfil racial como parte do trabalho da polícia e dos investigadores, depois de fazer um apelo por políticas mais duras após o massacre em uma boate de Orlando.

"Acredito que as avaliações de perfil são algo que teremos de começar a considerar como país", disse Trump à rede CBS quando perguntado se ele concordava com identificações mais precisas de muçulmanos nos Estados Unidos.

"Vejam Israel e outros países, eles fazem isso e têm sucesso. Como vocês sabem, odeio o conceito de perfis, mas temos de começar a usar o bom senso", acrescentou.

Trump, que deve ser escolhido como o candidato republicano na corrida à Casa Branca, recebeu muitas críticas de membros do partido por seus comentários sobre muçulmanos norte-americanos após o ataque de Orlando, em que um jovem muçulmano nascido no país matou 49 pessoas em uma boate gay.

O magnata do ramo imobiliário também reiterou o apoio a um controle mais rígido de mesquitas e disse que essas atividades podem ser semelhantes a um programa de vigilância controverso com sede em Nova York e que foi encerrado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos