Pugilistas profissionais que competirem no Rio perderão títulos

(Reuters) - Pugilistas profissionais que competirem nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro neste ano perderão seus títulos pela Federação Internacional de Boxe (IBF), disse a entidade em comunicado nesta segunda-feira.

Pugilistas profissionais receberam neste mês luz verde para competir nos Jogos de 5 a 21 de agosto, mas a IBF está descontente com a decisão e disse que há um risco de segurança inerente com profissionais competindo contra amadores.

Depois de analisar pareceres médicos, a IBF decidiu que, se pugilistas profissionais competirem no Rio, vão ser considerados como responsáveis de comportamento antidesportivo e serão punidos.

"Tomar esta decisão não foi difícil para nós", disse o presidente da IBF, Daryl Povos, no comunicado.

"Sentimos que era importante para a IBF se envolver e tomar uma posição contra pugilistas profissionais competindo com amadores devido a preocupações de segurança, uma vez que parte do nosso compromisso com este esporte é promover a saúde e o bem-estar dos pugilistas."

A IBF disse que competidores que não possuem títulos e competirem no Rio terão suas classificações removidas por um ano.

(Reportagem de Frank Pingue em Toronto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos