Wal-Mart venderá unidade online da China por uma fatia de 5% na JD.com

Por Lauren Hirsch e Sruthi Ramakrishnan

(Reuters) - O Wal-Mart Stores disse nesta segunda-feira que planeja vender seu negócio de comércio eletrônico chinês Yihaodian para a varejista online chinesa JD.com por uma fatia de 5 por cento na JD.com, em uma aliança estratégica que visa expandir o alcance do Wal-Mart no país asiático.

Sob os termos do negócio, a JD.com vai lançar cerca de 145 milhões de novas ações clase A para o Wal-Mart, avaliadas em cerca de 1,5 bilhão de dólares considerando o atual valor de mercado da JD.com.

O Wal-Mart assumiu uma fatia na Yihaodian, que tem foco em vendas online de gêneros alimentícios, em 2011 antes de atingir controle total em julho passado.

Pelo acordo, a JD.Com, segunda maior varejista online da China, vai controlar a marca e o site da Yihaodian, enquanto o Wal-Mart continuará a operar o negócio de vendas diretas da Yihaodian e vai vender no marketplace da Yihaodian.

O acordo dará ao Wal-Mart acesso ao tráfego online da JD.Com e expandirá seu alcance no mercado chinês.

(Reportagem adicional de Rishika Sadam e Liana B. Baker em San Francisco)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos