A dois dias de referendo, disputa na Grã-Bretanha sobre UE se mantém acirrada

Por Michael Holden

LONDRES (Reuters) - Pesquisas de opinião publicadas nesta terça-feira sugerem apoio crescente entre os britânicos pela permanência do país na União Europeia, mas a votação de quinta-feira, que pode ter enormes consequências para a Grã-Bretanha e a Europa, continua numa disputada bastante acirrada.

Os britânicos irão votar em dois dias pela saída ou permanência no bloco de 28 nações, em meio a alertas de políticos, economistas e organizações comerciais mundiais de que uma decisão de deixar a UE pode levar a Grã-Bretanha, e possivelmente grande parte da Europa, para a recessão.

O bloco, já conturbado por diferenças sobre imigração e o futuro da zona do euro, perderia sua segunda maior economia, uma das maiores potências militares e de longe seu centro financeiro mais rico.

Pesquisas de opinião publicadas desde o assassinato da parlamentar pró-UE Jo Cox, morta a tiros e facadas em seu distrito eleitoral no norte da Inglaterra na semana passada, sugerem a permanência.

Uma pesquisa da ORB publicada nesta terça pelo jornal Daily Telegraph indicou apoio à permanência em 53 por cento, 5 pontos percentuais a mais que na pesquisa anterior, enquanto o apoio para a saída estava em 46 por cento, com queda de 3 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos