Arábia Saudita pode retomar papel de equilibrar mercado de petróleo após retomada

DUBAI (Reuters) - A Arábia Saudita, maior exportadora de petróleo do mundo, pode retomar seu papel de equilibrar a oferta e demanda por petróleo após a recuperação do mercado global da commodity, disse o ministro de Energia do país em comentários divulgados nesta quarta-feira.

"Apesar do excedente na produção global de petróleo e dos baixos preços, as atenções seguem voltadas para países como a Arábia Saudita, que, devido à sua importância estratégica, espera-se que equilibre a oferta e demanda uma vez recuperadas as condições do mercado", disse o ministro da Energia Khalid al-Falih, segundo divulgado pela Saudi Aramco.

"As políticas para o petróleo do Reino estão ancoradas na responsabilidade, e a Arábia Saudita busca manter este equilíbrio ao mesmo tempo em que toma cuidado para que os preços sejam moderados para produtores e consumidores", disse Falih no comunicado, publicado no site da Aramco.

Ele fez os comentários nos Estados Unidos, onde acompanha o vice-príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman.

A Arábia Saudita, líder da Organização das Empresas Exportadoras de Petróleo (Opep), efetivamente abandonou seu papel de equilibrar o mercado em 2014, quando encabeçou uma mudança de política da Opep ao recusar um corte a produção para sustentar preços do petróleo e então permitir que o mercado se recuperasse sem interferências.

(Reportagem de Rania El Gamal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos