Chuva deixa ao menos 6 mortos em região atingida por terremoto no Japão

TÓQUIO (Reuters) - Ao menos seis pessoas morreram e um universitário está desaparecido em consequência de níveis recordes de chuva que atingiram partes do sudoeste do Japão nesta quarta-feira, gerando enchentes e deslizamentos, em uma área que ainda se recupera de um terremoto em abril deste ano.

Centenas de milhares de pessoas foram aconselhadas a deixar uma área baixa de Kyushu, na ilha principal do Japão, onde 49 pessoas morreram no terremoto em abril, que abalou o solo e o deixou propício a deslizamentos, relatou a emissora nacional NHK.

Entre os mortos está um casal de cerca de 80 anos de idade, cuja casa em Kumamoto foi invadida por lama, após alguns lugares serem atingidos por mais de 100 mm de chuva em uma hora.

Autoridades alertaram sobre possíveis novos deslizamentos em áreas onde o solo estava enfraquecido pelo terremoto de magnitude 7,3 em abril e diversos milhares de pessoas ainda estão morando em centros de evacuação.

A área foi atingida por uma série de tremores secundários, incluindo um na manhã desta quarta-feira.

(Reportagem de Elaine Lies)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos