Não haverá mudanças em acordo de fevereiro entre UE e Grã-Bretanha, diz Juncker

BRUXELAS (Reuters) - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse nesta quarta-feira que não haverá mudanças em um pacote de medidas que governos da União Europeia concordaram com a Grã-Bretanha em fevereiro com objetivo de manter Londres no bloco de 28 nações.

"Formuladores de políticas e eleitores britânicos precisam saber que não haverá nenhum tipo de renegociação", disse Juncker sobre o acordo de 20 de fevereiro, que deu à Grã-Bretanha uma isenção explícita da meta financeira da "união cada vez mais estreita", concessões oferecidas sobre direitos sociais dos trabalhadores imigrantes e garantias para o centro financeiro de Londres.

"Concluímos um acordo com o primeiro-ministro. Ele teve o máximo que poderia receber e demos o máximo que poderíamos dar. Então não haverá renegociação, não no acordo que fizemos em fevereiro, ou até onde vai qualquer outro tipo de negociação", acrescentou Juncker.

(Reportagem de Robin Emmott e Paul Taylor)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos