ONS altera parâmetro do preço spot de energia para julho; PLD deve subir

SÃO PAULO (Reuters) - O preço spot da energia elétrica, também conhecido como Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), deverá subir em julho, quando o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vai alterar parâmetros de cálculo do custo marginal de operação do sistema.

O ONS afirmou nesta quarta-feira à Reuters, por meio da assessoria de imprensa, que haverá mudança no modo como o cálculo do custo marginal --base para definição do PLD-- leva em consideração a produção menor das hidrelétricas de Sobradinho e Três Marias, atingidas pela seca, no período até dezembro deste ano.

Em carta enviada à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mais cedo neste mês, o ONS simulou o resultado da aplicação dessa mudança e concluiu que, se aplicada em junho, ela teria elevado o custo marginal do Sudeste e do Sul em cerca de 65 por cento na carga pesada de 41,91 reais para 69,29 reais por megawatt-hora.

Nas regiões Nordeste e Norte, os impactos aos preços seriam nulos ou marginais, segundo as simulações.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos