Conselho de Segurança da ONU condena lançamento de mísseis por Coreia do Norte

Por Michelle Nichols

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) repudiou nesta quinta-feira os mais recentes lançamentos de mísseis balísticos da Coreia do Norte, classificando-os como uma grave violação de uma proibição internacional, e conclamou os 193 países-membros a adotarem sanções mais rígidas contra o país asiático.

A Coreia do Norte, ou República Popular Democrática da Coreia, o nome oficial do país, lançou na quarta-feira o que pareceu ser um míssil de alcance intermediário a uma grande altitude na direção do Japão, mas o artefato caiu no mar cerca de duas horas depois de um teste semelhante falhar.

"Os membros do Conselho de Segurança deploram todas as atividades de mísseis balísticos da Coreia do Norte, observando que tais atividades contribuem para o desenvolvimento de sistemas de disparo de armas nucleares da Coreia do Norte e para o aumento das tensões", afirmou o organismo de 15 integrantes.

"Os membros do Conselho de Segurança ainda lamentam que a Coreia do Norte esteja desviando recursos para a busca de mísseis balísticos enquanto os cidadãos norte-coreanos têm tantas de suas necessidades negligenciadas", disse o comunicado.  

Depois de supervisionar os lançamentos de mísseis, o líder norte-coreano, Kim Jong Un, disse que seu país tem agora capacidade de atacar alvos dos Estados Unidos no Oceano Pacífico, noticiou a mídia estatal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos