Francesa Orange vai manter escritórios no Reino Unido apesar de Brexit

PARIS (Reuters) - A empresa de telecomunicações francesa Orange disse nesta sexta-feira que vai manter vários escritórios do grupo no Reino Unido, que empregam cerca de 900 pessoas, apesar da decisão do país de deixar a União Europeia.

A empresa disse que não está no mercado de consumidores de telecomunicações britânico e que o voto do referendo não tinha impacto direto em sua exposição financeira e balanço.

A decisão do Reino Unido de deixar a UE em referendo na véspera fez os mercados despencarem nesta sexta-feira, com a libra esterlina tocando mínima de 31 anos em um momento.

"O grupo está coberto contra movimentos na taxa de câmbio da libra esterlina e do dólar", disse a Orange em comunicado.

(Por Mathieu Rosemain)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos