Lagarde, do FMI, pede transição suave a autoridades da UE e do Reino Unido

WASHINGTON (Reuters) - A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, pediu nesta sexta-feira que as autoridades britânicas e europeias trabalhem para que haja uma transição suave na implementação da decisão dos britânicos de deixar a União Europeia (UE).

"Apoiamos fortemente os compromissos do Banco da Inglaterra e do Banco Central Europeu de fornecer liquidez ao sistema bancário e reduzir o excesso de volatilidade financeira. Continuaremos a monitorar os desdobramentos de perto e estamos prontos para dar suporte a nossos membros conforme necessário", disse Lagarde em comunicado.

(Reportagem de David Lawder)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos