Ataques aéreos matam dezenas no leste da Síria, diz grupo de monitoramento

BEIRUTE (Reuters) - Ataques aéreos realizados por aviões sírios ou russos mataram dezenas de pessoas no leste da Síria neste sábado, informou o grupo de monitoramento Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

O grupo disse que os ataques atingiram a aldeia de al-Quria na zona rural da província de Deir al-Zor, matando 47 pessoas, incluindo 31 civis.

O grupo militante Estado Islâmico controla a maior parte da província de Deir al-Zor e tem um cerco desde março do ano passado para as áreas restantes da cidade controladas pelo governo, que fica perto da fronteira oriental da Síria com o Iraque.

O exército sírio e seus aliados recentemente fizeram avanços contra o Estado Islâmico na província de Raqqa, mas foram forçados a recuar de algumas dessas áreas por um contra-ataque. Aviões de guerra sírios e russos vêm realizando ataques aéreos contra os militantes.

Forças amparadas pelos Estados Unidos estão, separadamente, avançando os militantes jihadistas em outra cidade fortaleza mais ao norte, perto da fronteira turca.

(Por John Davison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos