Polícia turca usa gás lacrimogêneo para dispersar ativistas do orgulho gay

ISTAMBUL (Reuters) - A polícia turca disparou gás lacrimogêneo no centro de Istambul no domingo para dispersar dezenas de ativistas que tentavam se reunir para marcar a semana do Orgulho Gay, depois que as autoridades proibiram a marcha.

A Marcha do Orgulho Gay, que havia sido realizada sem incidentes a cada ano desde 2003, com exceção do ano passado, tinha sido chamada na sexta-feira, mas centenas de policiais ainda estavam próximos à praça Taksim.

Pelo menos sete ativistas foram detidos, segundo os manifestantes, enquanto a polícia perseguiu outros em ruas laterais.

(Reportagem de Nick Tattersall)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos