Dow Chemical vai cortar 2.500 empregos como parte de acordo com Corning

(Reuters) - A Dow Chemical vai cortar 2.500 postos de trabalho no mundo, ou cerca de 4 por cento de seus trabalhadores, como parte de acordo para assumir o controle da Dow Corning, que era uma joint venture com a fabricante de vidros Corning.

O grupo de produtos químicos e sementes afirmou que vai fechar fábricas de nos Estados Unidos e Japão, bem como alguns instalações administrativas.

Formada em 1943, a Dow Corning fabrica produtos baseados em silício para indústrias aeroespacial, automotiva e elétrica.

A Dow Chemical divulgou o acordo envolvendo a Dow Corning em dezembro, quando anunciou a fusão com a DuPont em uma operação toda em ações e avaliada na época em 130 bilhões de dólares.

A Dow Chemical elevou a estimativa de economia de custos anual com o acordo de 300 milhões para 400 milhões de dólares. A empresa também afirmou que está mirando 100 milhões de dólares em sinergias de crescimento.

(Por Swetha Gopinath em Bangalore, Índia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos