Indicação de sucessor de premiê britânico é adiada para 9 de setembro

LONDRES (Reuters) - A data em que a Grã-Bretanha vai indicar um nome para suceder o primeiro-ministro David Cameron foi adiada para 9 de setembro, uma semana depois do planejado, informou nesta terça-feira o Partido Conservador.

"O conselho e o Comitê 1922 concordaram que a eleição deve ocorrer com a rapidez de que as considerações práticas permitirem", informou comunicado enviado por email.

"Para garantir que haja plena participação dos membros, a diretoria do partido recomenda que a data da declaração do líder seja 9 de setembro de 2016".

Na segunda-feira, o comitê, que estabelece as regras para a disputa pela liderança no Partido Conservador, recomendou que a indicação ocorresse no máximo até dia 2 de setembro.

Não foi dado nenhum motivo para a mudança de data.

(Reportagem de William James)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos