Siemens investirá 1 bi de euros em nova unidade de startups

FRANKFURT (Reuters) - O grupo industrial alemão Siemens planeja investir 1 bilhão de euros ao longo dos próximos cinco anos em uma nova unidade de startups para ajudá-la a desenvolver negócios em áreas como inteligência artificial e eletrificação centralizada.

Os recursos estarão disponíveis para funcionários, startups externas e empresas estabelecidas que quiserem desenvolver ideias comerciais nos setores estratégicos para o futuro da Siemens, disse o grupo nesta terça-feira.

A Siemens, que foi fundada em 1847 com a então inovadora tecnologia do telégrafo, está expandindo suas principais forças em automação e eletrificação em novas direções, para permanecer na vanguarda da digitalização da indústria.

A empresa disse que o primeiro projeto de sua nova unidade, chamada "next47", em homenagem ao ano de fundação do grupo, seria o desenvolvimento em conjunto com a Airbus de aviões movidos a eletricidade, já anunciado anteriormente.

Outras áreas importantes incluirão máquinas autônomas e mobilidade conectada, disse a empresa.

A nova unidade começará a operar em 1º de outubro e inicialmente será liderada pelo diretor de tecnologia da Siemens, Siegfried Russwurm. Ela terá escritórios em Berkeley, nos Estados Unidos, Xangai, na China, e Munique, na Alemanha.

(Por Georgina Prodhan)

REUTERS NS AC

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos