Líderes de Rússia e Turquia concordam em encerrar crise em laços, diz Kremlin

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, concordaram em um telefonema nesta quarta-feira retomar a cooperação e demonstraram disposição para um encontro pessoal, informou o Kremlin.

Putin disse que uma carta enviada por Erdogan esta semana, que expressou lamento pela derrubada de um avião militar russo por forças turcas no ano passado, criou as condições para se encerrar a crise no relacionamento bilateral.

Putin disse que vai determinar ao governo russo que comece as conversas com a Turquia sobre a retomada dos laços comerciais e pela retirada de medidas restritivas sobre a visita de turistas russos à Turquia, acrescentou o Kremlin.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin, Lidia Kelly e Denis Pinchuk)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos