Produção de petróleo e gás pode parar em cinco campos na Noruega por greve

OSLO (Reuters) - A produção de petróleo e gás em cinco campos na Noruega irá parar se trabalhadores do setor e empresas não chegarem a um acordo salarial até 2 de julho, disse nesta quarta-feira a Associação Norueguesa de Petróleo e Gás, que representa as petroleiras.

Os campos que seriam impactados são operados por ExxonMobil, Engie e a subsidiária da BASF Wintershall.

Trabalhadores de três campos operados pela Statoil também planejam entrar em greve se não houver um acordo, mas a associação disse que eles não devem aderir à fase inicial da paralisação.

Uma fase final de negociações entre trabalhadores e empresas será realizada com a presença de um moderador estatal em 30 de junho e 1ª de julho, em um esforço para evitar uma redução na produção a partir do dia seguinte.

(Por Stine Jacobsen e Terje Solsvik)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos