Venezuela suspende racionamento elétrico a partir de segunda-feira

CARACAS (Reuters) - O governo venezuelano vai suspender a partir de segunda-feira o rigoroso racionamento de energia elétrica em vigor desde o início de abril, devido à recuperação do maior reservatório que fornece grande parte da energia consumida pelo país.

O presidente Nicolás Maduro decretou um "Plano de Gestão de Energia Elétrica" para reduzir a demanda de energia, que incluiu cortes de energia, sexta-feiras sem aulas nas escolas e horário reduzido de trabalho em escritórios governamentais.

Ele também ordenou que centros comerciais gerem sua própria eletricidade.

"Podemos dizer que recuperamos (a usina hidrelétrica) Guri e temos condições de ter um serviço elétrico que funcione naturalmente", disse Maduro em um evento. "Guri começa a se recuperar de maneira constante", acrescentou.

Com o fim do plano de racionamento, o serviço estará operacional 24 horas, disse o líder socialista.

(Reportagem de Deisy Buitrago)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos