Ex-prefeito de Londres Johnson declara apoio a ministra da Energia para se tornar premiê

LONDRES (Reuters) - O ex-prefeito de Londres Boris Johnson declarou apoio nesta segunda-feira à ministra da Energia britânica, Andrea Leadsom, na disputa pela liderança do Partido Conservador e para ser a próxima primeira-ministra do Reino Unido.

Johnson, uma das principais vozes da campanha pela saída britânica da União Europeia, descartou na quinta-feira lançar seu próprio nome para substituir David Cameron como líder dos conservadores e como premiê britânico.

Sua decisão de não disputar o cargo aconteceu depois de o secretário de Justiça, Michael Gove, um colega da campanha pela saída britânica da UE, anunciar sua própria candidatura. Anteriormente, Gove havia dito que apoiaria Johnson.

Leadsom e Gove devem competir contra a ministra do Interior, Theresa May; contra o ministro de Trabalho e Previdência, Stephen Crabb; e contra o ex-ministro da Defesa Liam Fox pela liderança do partido governista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos