Presidente interino da Câmara cancela sessão de votação desta 2ª

BRASÍLIA (Reuters) - Sob o argumento de que não há quórum para realizar votações, o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), cancelou a sessão prevista para esta segunda-feira.

As idas e vindas das decisões de Maranhão, que também cancelou as sessões da semana passada, têm trazido dor de cabeça ao governo, que nutria a expectativa de realizar um esforço concentrado com sessões nesta tarde e noite estendendo-se até a quinta-feira.

"Tenho feito apelos desde a semana passada", disse o líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), acrescentando que o cancelamento representa uma "sinalização muito ruim" para o país e para governo.

Moura diz ter argumentado com o presidente interino da Câmara que tradicionalmente nas segundas-feiras de votação o quórum só é alcançado no início da noite, a tempo de os parlamentares chegarem de seus Estados.

Ainda assim, relatou Moura, Maranhão optou pelo cancelamento.

"Para o governo e para o país o prejuízo é enorme num momento como esse", disse o líder governista.

Aguardam votação propostas tidas como prioritárias, caso da medida provisória que trata de controle de dopagem e de questões tributárias relacionadas aos Jogos Olímpicos Rio 2016, e do projeto sobre governança dos fundos de pensão.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos