CMSE discute aperfeiçoamentos no setor elétrico e mantém em zero risco de faltar energia

BRASÍLIA (Reuters) - Em reunião em que foram discutidos possíveis aperfeiçoamentos no modelo do setor elétrico, como esforços para reduzir a judicialização, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) manteve em zero o risco de faltar energia nas regiões Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste neste ano, segundo comunicado divulgado nesta quarta, após a reunião.

Segundo nota divulgada pelo Ministério de Minas e Energia, que preside o CMSE, tratou-se na reunião da necessidade de propostas para aumentar a eficiência nos encargos e no mercado de energia.

"Outras medidas podem incluir a revisão de parâmetros no modelo de despacho atual; reavaliação da previsão de entrada em operação da geração e transmissão em curto e médio prazos, para dar uma visão realista aos agentes de mercado sobre a situação do sistema; e atuação na redução da judicialização do setor. Rediscutir o papel da energia de reserva também estará nos debates que deverão ser empreendidos entre os agentes do CMSE", diz a nota.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos