Atletas de Israel prestam homenagem a vítimas da Olimpíada de Munique antes da Rio 2016

TEL AVIV (Reuters) - Atletas e autoridades que irão representar Israel na Olimpíada do Rio no mês que vem realizaram nesta quarta-feira uma homenagem aos 11 israelenses mortos por atiradores palestinos durante os Jogos de Munique de 1972.

Dois integrantes da equipe israelense --a ginasta Neta Rivkin, que será a porta-estandarte de Israel na cerimônia de abertura da Rio 2016-- e o velejador Shahar Tzuberi depositaram uma coroa de flores no monumento do memorial durante a solenidade realizada em Tel Aviv, à qual também compareceram familiares dos mortos.

Em 5 de setembro de 1972, membros da delegação olímpica de Israel foram feitos reféns por palestinos armados pertencentes ao grupo Setembro Negro na Vila Olímpica.

Onze israelenses, cinco palestinos e um policial alemão morreram em um período de 24 horas, depois que um impasse e um esforço de resgate subsequente terminaram em uma troca de tiros.

(Por Reuters Pictures)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos