Cuba anuncia mudanças em gabinete para priorizar agenda de reformas

HAVANA (Reuters) - O governo comunista de Cuba anunciou na quarta-feira que retirou Marino Murillo do posto de ministro da Economia para que ele possa se concentrar mais no comando das reformas econômicas.

Murillo será substituído por outro político veterano, Ricardo Cabrisas Ruiz, responsável pelas relações econômicas internacionais do país, em particular a recente reestruturação de sua dívida. Ambos são vice-presidentes.

As mudanças no gabinete acontecem dias depois de o presidente cubano, Raúl Castro, e Murillo pedirem a seus compatriotas que se preparem para tempos mais difíceis devido à escassez de fundos e à menor assistência da crucial aliada Venezuela no fornecimento de petróleo.

"Esta decisão se deve à necessidade de Murillo... concentrar seus esforços nas tarefas ligadas à atualização do modelo econômico e social cubano", informou um anúncio oficial publicado na mídia estatal.

Desde que assumiu o lugar de seu irmão adoecido Fidel em 2008, Raúl entregou a maior parte da agricultura de controle estatal da ilha a cooperativas e permitiu que fornecedores autônomos operem pequenos negócios.

Murillo é o chefe da comissão encarregada de levar a reforma adiante.

(Por Nelson Acosta e Sarah Marsh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos