França não irá estender estado de emergência para além de 26 de julho, diz Hollande

PARIS (Reuters) - A França não irá estender para além de 26 de julho um estado de emergência colocado em prática após os ataques de militantes islâmicos em 15 de novembro em Paris, disse o presidente francês, François Hollande, nesta quinta-feira.

"Não podemos estender o estado de emergência indefinidamente, não faria sentido. Isto significaria que não somos mais uma república com a regra da lei aplicada em todas as circunstâncias", disse Hollande a jornalistas em entrevista tradicional no dia da Bastilha, dia nacional francês.

A França estendeu duas vezes o estado de emergência, dando poderes extras de detenção para a polícia e ampliando outras medidas de segurança. A extensão mais recente é válida até 26 de julho e foi feita para cobrir a Euro 2016 e o estágio final do Tour de France.

(Reportagem de Michel Rose)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos