Trump adia anúncio de vice em chapa republicana após ataque na França

WASHINGTON (Reuters) - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse no Twitter que adiou uma entrevista coletiva agendada para sexta-feira em Nova York para anunciar seu vice na chapa presidencial, por causa do ataque com um caminhão que deixou dezenas de mortos em Nice, na França.

Assessores da campanha de Trump disseram a dirigentes republicanos que ele escolheu o governador de Indiana, Mike Pence, como seu vice, disseram duas fontes republicanas. Mas autoridades ligadas a Trump afirmaram que ele ainda não tinha tomado uma decisão final.

Pence, ex-congressista de 57 anos, é visto como uma escolha segura: não muito chamativo, mas popular entre os conservadores, com apelo no Meio-Oeste e a capacidade de congregar mais adeptos do partido em torno de Trump.

Trump deve ser indicado oficialmente na Convenção Nacional Republicana da semana que vem em Cleveland. Tradicionalmente, a escolha do vice é usada para despertar entusiasmo entre os fiéis do partido.

O nome escolhido pelo magnata para ser seu vice de chapa é visto como crucial porque sua vitória sobre 16 rivais nas primárias do partido deixou a legenda fragmentada, e alguns líderes republicanos ainda estão desconfortáveis com algumas de suas propostas de campanha e com seu estilo.

(Reportagem de Eric Beech)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos