Acesso a redes sociais é restringido na Turquia, dizem grupos de monitoramento da internet

SAN FRANCISCO (Reuters) - O acesso a Facebook, Twitter e YouTube, do Google, na Turquia foi restringido nesta sexta-feira pouco após a divulgação de notícias sobre um golpe militar em andamento no país, de acordo com dois grupos que monitoram a internet.

O Turkey Blocks, que monitora bloqueios na internet no país, e o Dyn, que monitora o tráfego internacional de internet globalmente, relataram que estava difícil ou impossível acessar redes sociais na Turquia.

As Forças Armadas da Turquia disseram nesta sexta-feira que haviam tomado o poder, mas o primeiro-ministro turco afirmou que uma tentativa de golpe seria derrubada.

(Reportagem de Yasmeen Abutaleb)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

REUTERS PF FB

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos