EUA pede que partidos apoiem governo turco após tentativa de golpe

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos pediram que todos os partidos da Turquia apoiem o governo do presidente Tayyip Erdogan contra a tentativa de golpe, enquanto líderes mundiais expressam preocupação com a turbulência no país membro da Otan que faz a ponte entre a Europa e o Oriente Médio.

O presidente norte-americano, Barack Obama, e o Secretário de Estado, John Kerry, falaram pelo telefone e deram apoio à Erdogan após o Exército turco afirmar que havia tomado o poder na sexta-feira. Na manhã deste sábado, Erdogan parecia ter retomado o controle.

"O presidente e o secretário concordam que todos os partidos na Turquia devem apoiar o governo democraticamente eleito da Turquia, mostrar força e evitar a violência e o derramamento de sangue", disse a Casa Branca em comunicado.

Erdogan está no poder da Turquia desde 2003 e caso o golpe contra ele fosse bem sucedido seria uma das maiores mudanças no Oriente Médio em anos. 

(Por Alistair Bell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos