Casa Branca irá rever proibição a equipamento militar para polícias

Por Julia Edwards

WASHINGTON (Reuters) - A Casa Branca irá rever uma proibição de 2015 que impediu as polícias de usarem indumentária de tropas de choque, veículos blindados e outros equipamentos de nível militar das Forças Armadas dos Estados Unidos, disseram os diretores de duas organizações policiais à Reuters nesta quinta-feira.

Pouco depois das mortes a tiros recentes de policiais, o presidente dos EUA, Barack Obama, concordou em revisar cada um dos itens proibidos, segundo os dois líderes da corporação.

    Isso pode resultar em mudanças na proibição da transferência de alguns equipamentos dos militares para as polícias imposta em maio de 2015, disse Jim Pasco, diretor-executivo da Ordem Fraternal da Polícia, e Bill Johnson, diretor-executivo da Associação Nacional de Organizações Policiais.

    A interdição do ano passado ocorreu devido à revolta popular causada pelo fato de polícias de cidades como Ferguson, no Estado do Missouri, terem usado equipamentos de tropas de choque de nível militar e veículos blindados durante manifestações contra a brutalidade policial.

    Pasco e Johnson estavam entre os oito chefes de organizações da polícia que se encontraram com Obama e seu vice, Joe Biden, na Casa Branca no dia 11 de julho – três dias depois de um atirador ter alvejado e matado cinco policiais em Dallas.

    Após a reunião, três policiais foram mortos na cidade de Baton Rouge em 17 de julho.

Um funcionário da Casa Branca disse que o governo revê periodicamente que tipo de equipamento militar pode ser transferido para a polícia e que as regras atuais garantem que a corporação obtenha "as ferramentas de que necessita para se proteger e às suas comunidades, ao mesmo tempo em que proporcionam o nível de prestação de contas que deveria andar de mãos dadas com o fornecimento de equipamento federal".

Imagens de policiais com trajes de tropa de choque e a bordo de veículos blindados indo na direção de manifestantes pacíficos desencadearam um debate nacional que chamou atenção para um programa utilizado por militares norte-americanos para descartar equipamentos excedentes entregando-os a polícias locais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos