EUA indicia dono de site Kickass Torrents por violação de direitos autorais

CHICAGO, Estados Unidos (Reuters) - O dono do site de troca de arquivos Kickass Torrents foi indiciado nos Estados Unidos por infração de leis de direito autoral relacionada à distribuição de mais de 1 bilhão de dólares em filmes, videogames, músicas e outros conteúdos, afirmaram autoridades do país.

Artem Vaulim, 30, da Ucrânia, foi preso na Polônia e autoridades norte-americanas querem que ele seja extraditado para enfrentar acusações que incluem conspiração para violação de legislação de direito autoral e para lavagem de dinheiro, segundo advogados disseram em um tribunal distrital de Illinois.

Autoridades dos EUA alegam que a Kickass Torrents, que opera em 28 idiomas, tem um valor líquido de mais de 54 milhões de dólares e ilegalmente disponibilizou para download filmes que ainda estão nos cinemas como "Independence Day" e "Procurando Dory".

Um dos domínios operados pela Kickass Torrents, Kat.cr, foi o 70o destino mais popular da Internet, segundo a empresa de monitoramento Alexa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos