Ex-premiê de Portugal lidera corrida para ser próximo secretário-geral da ONU

Por Rodrigo Campos

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O ex-primeiro-ministro português António Guterres lidera a corrida para se tornar o próximo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), seguido do ex-presidente da Eslovênia Danilo Turk, depois da primeira votação secreta do Conselho de Segurança da ONU nesta quinta-feira.

De acordo com os resultados vistos pela Reuters, Irina Bokova, da Bulgária, diretora-geral da Unesco, organização cultural da ONU, ficou em terceiro, à frente do ex-ministro do Exterior sérvio Vuk Jeremic e do ex-ministro do Exterior da Macedônia Srgjan Kerim, que empataram em quarto.

A ex-primeira-ministra da Nova Zelândia Helen Clark, que dirige o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas, ficou em quinto, seguida pelo ministro do Exterior eslovaco, Miroslav Lajcak, pela ministra do Exterior da Argentina, Susana Malcorra, e pela antiga responsável por assuntos climáticos nas Nações Unidas Christiana Figueres, da Costa Rica.

A ex-ministra do Exterior da Moldávia Natalia Gherman ficou em décimo lugar, seguida do ministro do Exterior de Montenegro, Igor Luksic, e da ex-ministra do Exterior croata Vesna Pusic.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, deixa o cargo no fim do ano depois de dois mandatos de cinco anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos